!!Os melhores filmes de 2009 (1a parte)!! por Rod Castro!

9 de fev de 2010

Entre os anos de 2009 e 2010 minha vida teve várias viradas. E entre idas e vindas, acabei não tendo tempo para fazer minha lista com os melhores do ano. Assim, acabei tendo que realizá-las neste mês de Fevereiro, mas antes tarde do que nunca, concorda?

Em resumo, achei que 2009 teve excelentes filmes pequenos, bons filmes grandes e naufrágios gigantescos (“G.I.Joe” e “Transformers 2” que os digam). Mas 09 ficou marcado no cinema por uma obra-prima de um diretor pop – “Bastardos” – uma atuação magnética – Mickey Rourke no papel de sua vida – um suspense de congelar o sangue – o sueco “Deixe Ela Entrar” – boas biografias políticas – “Frost VS Nixon” e “Milk” – mais um clássico da Pixar – “Up, Altas Aventuras” – e duas surpresas significativas – “500 dias com ela” e “Distrito 9”.

Bem, vamos deixar de papo e acompanhar os listados? Vamos, lá!

20 – “Os piratas do Rock” – típico filme que realmente não podia chegar ao Brasil com os seus devidos méritos. Nele você acompanha a vida de uma equipe de rádio pirata que revolucionou o jeito de ouvir música de toda uma geração na terra da rainha. Excelente.



19 – “Gran Torino” – divertido, forte, dramático e mais um personagem para a galeria de tipos durões de Eastwood. Filme com cara de pequeno, mas com roteiro gigantesco e fim apoteótico, mesmo sendo triste, como o é.




18 – “Bolt” – parece que a Disney tem potencial para gerenciar sua área de animação em computação gráfica, mesmo sem a equipe da Pixar – apesar da primeira, hoje, ter o mesmo comandante que gerou a segunda. Aventura em primeiro nível para crianças e adultos.


17 – “Arraste-me Para o Inferno” – Sam Raimi saiu da franquia do Homem Aranha e voltou a sua base criativa: filmes de terror com base na comédia e nos exageros de cena. Roteiro simples, trucagens sensacionais, é o velho Raimi, mostrando para a molecada que eles têm que ralar muito para chegar lá. Divertido e espantoso.


16 – “Se beber, não case” – uma das maiores surpresas do ano acerta por se mostrar mais do que mera diversão. A realidade, mesmo nas cenas mais absurdas, é o trunfo de um roteiro que desobedece as regras ao mesmo tempo e quem cria personagens memoráveis.



15 - “Queime Depois de Ler” – mais um filme louco rodado pelos irmãos mais loucos do cinema americano – os Cohen, ora bolas. Um típico filme que te constrange a cada risada e mais um papel inesquecível na carreira de Brad Pitt.



14 – “Watchmen” – esperei por este ano durante muito tempo em minha vida. E posso dizer que não me arrependi por inteiro, pelo contrário, está é a primeira adaptação para cinema de uma história escrita por Moore que merece destaque, mesmo distante dos dez melhores do ano. Zack acerta o ponto, erra muito pouco e traz um clássico dos quadrinhos a vida.


13 – “Avatar” – é isso mesmo, “Avatar” não está entre os dez melhores. Sei que é uma revolução, sei de seu desempenho nas bilheterias, mas esta é a minha lista e aqui é o melhor lugar para este bom filme. Um dos favoritos ao Oscar de 2010, e que não deve sair de mãos abanando, mas Cameron não merece o prêmio de melhor diretor.


12 – “O Curioso Caso de Benjamin Button” – é uma pena que o Oscar do ano passado, não tenha dado o crédito necessário ao minucioso trabalho realizado por Fincher e equipe. Este é um dos seus melhores trabalhos e a técnica utilizada na computação gráfica é um marco para a história do cinema moderno. Filme bonito e na hora certa.

11 - "Tá Chovendo Hambúrgueres" - Confesso que não acreditava em um filme, mesmo sendo uma animação, com um título tão bobo quanto este. O preconceito foi quebrado com menos de 15 minutos de exibição: tudo está no seu devido lugar, sao excelentes personagens, boa trama e uma computação gráfica de extremo requinte. uma das grandes surpresas do ano, que ficou mais divertida ao se ver em 3D.

Um comentário:

markeetoo disse...

Daí só não vi Tá Chovendo Hamburger, Bolt e Arraste-me Para O Inferno. Quero ver ainda.
Os outros são todos muito bons!
Quero ver o top 10 agora!